segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Os novos presidentes de junta do concelho

agualonga - ps
Agualonga - Jorge Rocha - PS
bico e cristelo - ps
Bico e Cristelo - Armando Feijó - PS
castanheira - ps 2
Castanheira - Celestino Rodrigues - PS
cossourado e linhares - ind
Cossourado e Linhares - Laurentino Alves - IND
coura - ps
Coura - Luís Montenegro - PS
cunha - ps 2
Cunha - Manuel Fernandes - PS
formariz e ferreira - psd
Formariz e Ferreira - António Pereira - PS
infesta - ps
Infesta - Bruno Araújo - PS
insalde ps
Insalde e Porreiras - Moisés Loureiro - PS
mozelos - ps
Mozelos - Armando Araújo - PS
Padornelo PS
Padornelo - Manuel Barbosa - PS
parada - ps
Parada - José Mota - PS
vila e resende - ps 2
Paredes de Coura e Resende  - Cláudia Pires de Lima - PS
romarigães - ps
Romarigães - António Alves - PS
rubiães - ind
Rubiães - David Saraiva - IND
VASCÕES PSD 2
Vascões - Sérgio Costa - PSD

domingo, 1 de outubro de 2017

Autárquicas – PS sem oposição

vitor paulo 1

O Partido Socialista venceu as eleições deste domingo para a Câmara de Paredes de Coura, conquistando os cinco lugares que estavam na corrida. Pela primeira vez a oposição não conseguiu eleger um único vereador, numa corrida eleitoral que o PS venceu em todas as frentes, reforçando em muito a votação. Para a Câmara conseguiu 76.58% dos votos e, ultrapassando todas as melhores expectativas da máquina socialista, ocupou os cinco lugares da vereação. Ou seja, a Vitor Paulo Pereira, Tiago Cunha e Maria José Moreira, juntam-se agora mais dois socialistas no executivo: Vitor Rosas e Sérgio Caselhos.

A maré de vitória continuou na Assembleia Municipal, onde o PS arrecadou 67.23% dos votos, conquistando 13 lugares. Em 2013 tinha conseguido 8 dos 17 lugares. Agora atingiu uma maioria confortável, alargada ainda pelos vários presidentes de junta socialistas, e deverá levar mesmo alguns históricos socialistas que tinham já feito a sua despedida daquele órgão porque concorriam em lugares considerados não elegíveis, a regressar àquele palco da política.

Nas freguesias, o PS conquistou 14 das 16 juntas de freguesia (incluindo Rubiães onde apoiava o movimento independente). De fora ficaram apenas a união de freguesias de Cossourado e Linhares, onde ganhou a lista independente liderada por Laurentino Alves, e ainda Vascões, que com um empate a 78 votos entre PS e PSD, aguarda que o Tribunal decida quem será o vencedor, o que ocorrerá, em principio, na próxima terça-feira.

Ou seja, o PS conquistou as juntas de freguesia que, tradicionalmente, vestiam as cores do PSD. É o caso de Coura ou de Infesta, mas também de Parada, onde o PS ganhou com 10% de vantagem. Além destas o PSD concorria ainda em Castanheira, onde o PS também reforçou a votação e o número de lugares, e Mozelos, onde o Partido socialista conquistou 6 dos sete lugares. E ainda em Vascões, onde o empate adia o resultado final das eleições. Se o tribunal der a vitória aos socialistas, o PSD, além de perder os dois vereadores na Câmara e quatro lugares na Assembleia Municipal ficará também sem qualquer junta de freguesia no concelho.

votação cm

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Autárquicas – O último dia da campanha

FOTO FACEBOOK CANDIDATURA PS~

FOTO FACEBOOK CANDIDATURA PSD

Autárquicas – Helena Ramos apela ao voto no PS e concelhia do PSD não gostou

Helena Ramos, ainda vereadora do PSD na Câmara de Paredes de Coura, utilizou a sua conta pessoal do Facebook para manifestar o seu apoio a Vitor Paulo Pereira e apelar ao voto no Partido Socialista no próximo domingo. A concelhia do Partido Social Democrata não gostou e tece duras críticas a Helena Ramos e também a Janine Soares. Veja a carta e a resposta abaixo. Clique nas imagens para ler melhor.carta helena ramos

resposta concelhia psd